Quinta-feira, 21 de Março de 2013

 

Mais um Prémio Dia Mundial da Poesia, vindo do http://os7degraus.blogspot.com/, oferecido pela poetisa Maria Luísa Adães

 

 

Estará à disposição de todos os poetas que por aqui passem e que utilizem a blogosfera como veículo da sua poesia!

 

E como estas palavras me parecem poucas para aqui saudar este dia, reedito um poema escrito em Setembro do ano transacto

 

 

NASCE, POESIA!

 

 

 

 

Porque o que sou

me não cabe nas mãos fechadas,

escorrem-me,

por entre os dedos,

estas sobras

do que recuso transformar

em gesto de troca,

artigo de compra e venda,

alimento, embriaguez, culto, ritual


e  que és tu, Poesia...

 

divinizam-te, alguns,

o corpo que não tens

no altar que insistes em não ser,

mas sei-te no cerne de todas as coisas,

escorrendo, inevitavelmente,

de todos os poros, por todas as frestas,

limpa, lúcida, viva, inexplicada…

 

cantas, ainda,

onde a esperança morreu,

ressoas no vácuo, apesar de inaudível,

desdobras-te

em invisibilidades e vislumbres,

acendes-te, sublime,

no temor de cada escuridão…


 

Inútil – ou não… - , nasce, Poesia!

 


 

Maria João Brito de Sousa – 11.09.2012 -01.53h

proudly received by Maria João Brito de Sousa às 23:11

almost everything about me
look for it
 
Janeiro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30
31


last words
Obrigada, amiga!O meu dia promete muita dor e desc...
Tua Poesia,Acabou de embelezar o prémioe de que ma...
Abraço grande! Obrigada pelo teu comentário e pel...
Poesia fresca gotejante, como flor que é!Inútil ou...
Feliz tarde também para ti, Anjo!
Vivaaaaaaaafeliz tarde
Viva a Poesia, Anjo!
E viva a Poesia
Tens toda a razão, Maria Luísa! Respondo apenas pa...
Mª. joãoProcura responder só ao que interessa muit...
small parts of me
Patrocinadores :)
Visitors since 09.03.13

blogs SAPO


Universidade de Aveiro