Quinta-feira, 26 de Agosto de 2010

 

Rachel Corrie, pacifista de 23 anos, pertencia ao Movimento Internacional de Solidariedade.

A 15 de Março, 010, numa acção em Rafah, na fronteira de Gaza,

tentava opor-se às demolições de Casas Palestinianas.

Sentada na trajectória da Bulldozer, que  a viu e continuou e lhe passou por cima,

declarou Joseph Smith, pacifista da EEUU.

Rachel Corrie, perdeu a vida, quando defendia, com seu próprio corpo as suas ideias,

os direitos de cidadãos de ter um Tecto e uma Terra.

O Movimento Pacifista tem em Rachel Corrie o seu símbolo e o seu Mártir.

Morta, na lógica absurda e brutal da guerra que todos nós pedimos

e tentamos parar.

Há vitimas civis em ambos os países - Israel e Palestina.

Em memória de RACHEL CORRIE

e de Todos, quantos continuam a morrer, mesmo neste instante

em que escrevo.

Pedimos o acabar das injustiças cometidas, dia após dia,

na Palestina.

Rachel,  obrigada pelo sacrifício de tua mocidade.

Possa Deus reconhecer a Grandeza de teu Destino

E os Homens não possam esquecer!

Breve análise de:

 


Maria Luísa Adães



I feel like a:
proudly received by Maria João Brito de Sousa às 13:02

almost everything about me
look for it
 
Agosto 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30
31


last words
Obrigada, amiga!O meu dia promete muita dor e desc...
Tua Poesia,Acabou de embelezar o prémioe de que ma...
Abraço grande! Obrigada pelo teu comentário e pel...
Poesia fresca gotejante, como flor que é!Inútil ou...
Feliz tarde também para ti, Anjo!
Vivaaaaaaaafeliz tarde
Viva a Poesia, Anjo!
E viva a Poesia
Tens toda a razão, Maria Luísa! Respondo apenas pa...
Mª. joãoProcura responder só ao que interessa muit...
small parts of me
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro