Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

À BEIRA DA FONTE

 

Amanhã hei-de ir à fonte,

- descalça, qual Lianor –

Procurar, no horizonte,

Sinais de Paz ou de Amor…

 

Não sou Lianor, nem jovem,

Procuro um amor dif`rente…

Aquilo que alguns descobrem

Que faz falta a toda a gente…

 

Mas se eu for e não voltar,

Não se esqueçam!... Não voltei

Porque o não pude encontrar

Nas muitas voltas que dei!

 

Procurei por toda a parte.

Não estava em parte nenhuma!

Apesar do amor à Arte

Perdi-me entre tanta bruma…

 

Hoje, qual Sebastião

Do mito desencarnado,

Procuro a estranha lição

Desse amor desencontrado…

 

Neste precário horizonte

De fronteiras virtuais,

Desprezo, à beira da fonte,

O que os outros buscam mais…

 

 

 

O meu amigo Fisga do http://planeta-sol.blogs.sapo.pt/ propôs-me, em jeito de desafio, uma pequena dissertação ou a possível definição de AMOR. Casualmente - que eu saiba - tinha, pouco antes, feito estas redondilhas sobre o tema. Aqui vo-las deixo e desafio todos os que aqui vierem - como de costume deixarei uma porta aberta no poetaporkedeusker - a fazer exactamente o mesmo nos seus blogs. :)

 

I feel like a:
proudly received by poetaporkedeusker às 23:30

De Fisga a 21 de Fevereiro de 2009 às 12:31
Olá amiga Maria João. Vês como ficou fenomenal? Está lindo amei e adicionei aos meus favoritos. Obrigado, por seres quem és, Uma flor em constante desabrochar. Um abraço Eduardo.

De poetaporkedeusker a 21 de Fevereiro de 2009 às 12:47
Eu é que te agradeço, amigo. :)

De Fisga a 21 de Fevereiro de 2009 às 17:48
Amor, com amor se paga. Abraço. Eduardo .

De poetaporkedeusker a 21 de Fevereiro de 2009 às 20:26
:)) ! Abraço grande!

De linhaseletras a 21 de Fevereiro de 2009 às 15:04
Depois de ler estas quadras tenho de pensar muito para não ficar mal vista, quando for fazer as minhas.
Estão uma maravilha, adorei, agora vou por a minha inspiração a trabalhar
Sabe! Já estou á espera que me enviem o seu livro, já me enviaram o E-mail a confirmar a recepção do cheque.
Bom fim de semana, e se gostar de Carnaval, também bom carnaval, eu não gosto, mas respeito os gostas dos outros, Abraço

De poetaporkedeusker a 21 de Fevereiro de 2009 às 15:27
Obrigada, minha amiga. Eu até estava caladinha, por delicadeza, pois não queria melindrar ninguém, mas para ser sincera também não acho graça nenhuma ao Carnaval. Os pobresdos cães, que já estão tão velhos que mal se aguentam, apanham sustos de todo o tamanho com os sacos de água e as bombinhas... e máscaras já por aí andam todos os dias... não sei... mas não acho graça.
Abraço grande.

De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 22 de Fevereiro de 2009 às 00:44
Sem duvida alguma, um soneto de amor de se lhe tirar o chapéu,
está maravilhoso Mª João, depois de ler este trabalho não sei se conseguirei fazer o meu, mas olha...seja o que Deus quizer,
beijito meu...

De poetaporkedeusker a 22 de Fevereiro de 2009 às 01:41
Oh! Só agora dei pelo eu comentário, Estrelita! Este não é um soneto, amiga. É um poema em redondilhas ou quadras populares, mas agradeço-te muito. De qualquer forma acredito que te vais sair muito bem, como de costume.
Um grande beijinho!

De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 22 de Fevereiro de 2009 às 08:53
xiii MªJoão não ligues quando chamei soneto ao teu poema, só agora vendo a resposta ao meu comentário vi o que escrevi, sei que não é um soneto pois o soneto é composto por duas quadras e dois tercetos( acho que é assim que se diz ñ me lembro bem), foi a força do hábito uma vez que geralmente escreves sonetos...

beijito e mais uma vez...gostei

De poetaporkedeusker a 22 de Fevereiro de 2009 às 11:15
:)) Não te preocupes Estrelita. Isto sou eu que tenho sempre estas manias perfeccionistas em relação à poesia. E tens toda a razão. O soneto é composto por duas quadras e dois tercetos.
Beijitos. O importante é teres gostado.

De Vera a 22 de Fevereiro de 2009 às 15:53
Olá Maria

Passando por aqui vi estas bela redondilha.

Qual a Fonte não vamos;
A beber o mel e licor?
E ficar bêbada de lê-los todos
E morrer de tanto amor?

Abraço





De poetaporkedeusker a 22 de Fevereiro de 2009 às 20:35
Obrigada! Estou feliz
Por te ver aqui também!
Foi este o "salão" que fiz
Para guardar o que vem!

Abraço grande, Vera! :-)


almost everything about me
look for it
 
Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
21

22
23
24
25
26
27


last words
Obrigada, amiga!O meu dia promete muita dor e desc...
Tua Poesia,Acabou de embelezar o prémioe de que ma...
Abraço grande! Obrigada pelo teu comentário e pel...
Poesia fresca gotejante, como flor que é!Inútil ou...
Feliz tarde também para ti, Anjo!
Vivaaaaaaaafeliz tarde
Viva a Poesia, Anjo!
E viva a Poesia
Tens toda a razão, Maria Luísa! Respondo apenas pa...
Mª. joãoProcura responder só ao que interessa muit...
small parts of me
Patrocinadores :)
Visitors since 09.03.13

blogs SAPO


Universidade de Aveiro